Google+ Followers

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

RESENHA

HOJE A RESENHA É LITERÁRIA
Mário de Andrade, o escritor e poeta.

Desde pequena gosto de leitura, aprendi a ler com seis anos de idade, sempre muito curiosa, lia tudo que via na frente. Fui criada em Campinas por tios, que me ensinaram a ler, escrever, ser educada e respeitar os mais velhos. Meu tio servia o Exercito e tinha uma pilha de livros, eu acabava de ler um e pegava outro. As pessoas ficavam impressionadas, mas foi na escola que consegui achar o que realmente gostava de ler.
Quando a professora dava um livro para os alunos lerem e depois fazia uma prova ou chamada oral. Eu amava!... Li tudo quanto é livro de autores brasileiros, depois cresci e comecei ler a ler de tudo mesmo.
Mas hoje quero homenagear Mário de Andrade, que além de escritor foi um grande poeta. Suas características; , diversidade pioneira e engajamento.Suas obras abrangem várias formas de criação literária e ainda ensaios sobre música, pintura, desenho, escultura e folclore. Foi um escritor complexo, um erudito que dominou muitos ramos do saber. Seu primeiro livro de poesia se chama; Há uma gota de sangue em cada poema. A linguajem de romance era seu grande achado. Foi o grande fundador do modernismo brasileiro. Nasceu em São Paulo no dia 09/10/1893 e faleceu dia 25/02/1945.

Nenhum comentário:

Postar um comentário