Google+ Followers

terça-feira, 5 de março de 2013

REFLEXÕES


BENDITAS COSTELETAS ( De Edson Santos Santos)

A vaidade humana e a busca por um corpo perfeito não tem limites. A modelo carioca Patricia Orkenberg rompeu a fronteira do aceitável nesse campo. Ela sempre quis ter o corpo da boneca Barbie que, aliás, tem sido frequentemente criticado por não possuir padrões humanos.

Após passar por uma lipoaspiração e uma lipoescultura, a modelo de 1,65m fez uma rinoplastia e mudou o nariz. Aí veio a etapa mais radical, ao menos por enquanto: Patrícia pediu ao médico para retirar as duas últimas costelas inferiores, para afinar ainda mais a cintura. Em depoimento a uma revista semanal, ela justificou: ”Deu medo, mas precisava ganhar dinheiro. Tem muita mulher bonita, eu tinha que destacar.”

Ironicamente, a foto da modelo publicada em um jornal paulistano mostra algumas dobrinhas renitentes no abdome, o que provavelmente a levará novamente ao médico.

O que para alguns têm pouca utilidade, para outros pode transformar em matéria-prima para fins mais nobres. Foi o que aconteceu quando Deus criou a mulher. Ele utilizou-se de apenas uma costela para preservar a espécie humana e garantir ao homem uma existência feliz.

“Não é bom que o homem esteja só: far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea” (Gn 2.18) Deus não disse que faria alguém para ser subjugada, como acontece em algumas culturas, em pleno ano de 2013. Ao contrário, criou alguém que completaria a vida do homem, sendo Ele mesmo o outro lado desse trinômio perfeito.

Em 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Para quem vive segundo os padrões bíblicos, parece injusto reservar apenas um dia do ano para as mulheres. Maioria absoluta nas igrejas evangélicas, a ala feminina tem sustentado a expansão do reino sob os joelhos, com devoção e fé.

No campo profissional, cada vez mais as mulheres têm galgado posições de destaque. E o mérito é muito maior, pois ainda enfrentam preconceito, além de frequentemente exercerem a dupla jornada de profissional e mãe, dobrando as atividades e o esforço.

Também discordo da máxima que apregoa sempre existir uma grande mulher por trás de um grande homem. É verdade que existem países em que a mulher ainda caminha atrás do marido, por respeito e herança cultural. Porém, homens de sucesso geralmente, têm a seu lado uma mulher que cumpre fielmente o duplo desígnio divino no momento da criação: é ajudadora e idônea.

Dediquemos todo o mês de março para homenagear as mulheres. Como escreveu Michel Quoist, “o que a mulher é para o homem, na construção da família, deve ser para a sociedade, na construção do mundo”.

Como reconhecimento, honramos ao Senhor pela vida de todas as irmãs que fornecem ao povo de Deus a diligência e encanto peculiares. E às servas do Senhor oferecemos não uma costela, pois em nós, cristãos, a vaidade não pode ocupar posição de destaque. Com o coração repleto de gratidão, rendemos a vocês, mulheres, a expressão sincera e amiga de duas palavras insubstituíveis em qualquer idioma: muito obrigado!

2 comentários:

  1. Olá, encontrei seu blog na Agenda dos Blogs,
    e amei seu blog. Já estou fazendo parte do seu blog,
    e te convido para conhecer o meu.
    Bjs.

    http://michellefany.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Obrigada minha linda!... Já estou te seguindo tbm!!!

    ResponderExcluir